dodecaedro

dizem existir lindos poemas escritos durante a guerra
chamaram esta nossa guerra de particular
em toda parte ela está
guerra pública todos os dias
não vejo os poemas
vejo batidas tribais
podem ser os tambores de guerra
ouço dos corpos na fronteira oeste sul norte leste
vejo armas na TV
cantarolo rodo cotidiano
não existem hordas e a guerra continua
ouço da vida nos morros
dos que perdem a linguagem
ouço os barulhos das paredes
guerra de guerrilha milícias
não existem linhas inimigas que me escondam
este conflito é um dodecaedro
Platão em seus mistérios deve ter dito
quando o povo conhecer o dodecaedro
conhecerá a quintessência
então
seremos mais águias que serpentes

Anúncios
Published in: on maio 8, 2009 at 10:34 pm  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://audemir.wordpress.com/2009/05/08/dodecaedro/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. A guerra é persistente, é preciso usar outras armas para pará-la…seu dodecaedro? Platão responderá…

  2. eu tenho uma teoria que sem conhecer a de Platão coincidiu com ela, mas não sei a quem falar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: